segunda-feira, 21 de abril de 2014

Consumo consciente - compra coletiva de produtos orgânicos

Sem muitas alternativas para obter produtos orgânicos aqui no ABC Paulista, acabei encontrando uma alternativa para as feiras orgânicas, que é a organização de cooperativas para a compras coletivas de produtos orgânicos direto dos produtores locais.

Já realizei uma compra no "Consumo Consciente ABC" http://consumoconscienteabc.blogspot.com.br/ e a experiência foi excelente! A cooperativa realiza compras quinzenalmente. O pedido é utilizado através do site, em formulário ilustrado com os produtos que disponíveis. Após a solicitação é enviado um email confirmando os produtos solicitados e enviando os dados para depósito. O pagamento também pode ser realizado com moeda alternativa, como humus e mel. Então, aos sábados, os produtos são retirados das 10:00 às 13:00.

Além da ótima qualidade e frescor dos produtos, o custo realmente compensa, se comparado com as grandes redes de supermercados que agora passaram a oferecer os produtos orgânicos.


Deveríamos ter mais organizações do tipo nas grandes cidades, para facilitar, difundir e expandir a produção dos produtos orgânicos!

sábado, 12 de abril de 2014

Programa Bela Cozinha GNT

É uma grata surpresa o programa "Bela Cozinha" no GNT, apresentado por "Bela Gil", filha do Gilberto Gil, irmã da Preta Gil... diga-se de passagem, Bela é muito mais próxima à imagem que tenho de Gilberto Gil à imagem que tenho de Preta Gil!

Gilberto Gil é adepto da culinária macrobiótica, que embora não seja vegetariana, pois há pratos com peixe, utiliza muito os grãos integrais e também muitos vegetais... teve um certo "boom" nos anos 70, mas ainda há muitos seguidores no Brasil inclusive. Ou seja, o pai é todo "natureba".

Quando Bela Gil morava em Nova York ela começou a se interessar pelo yoga, e a partir daí, se interessar mais pela culinária vegetariana e outras cozinhas naturais. Então, faz o curso de culinária natural na Hunter College (em Nova York). Bela também é nutricionista, o que confere ao programa mais dicas sobre alimentação.



O programa é bem suave e descontraído, e (por enquanto) todos os pratos preparados são vegetarianos (com sugetões e opções veganas!), com um conceito que aprovo: pratos integrais, saborosos, com muitos vegetais e fáceis de fazer.

Há a participação de artistas convidados que torna o programa mais próximos dos não vegetarianos, pois servem como "prova" de que a cozinha vegetariana agrada pelo sabores e cores!



Eu assisto programas de culinária desde a minha adolescência... mas, a partir do vegetarianismo, passei a ficar decepcionado com o menu apresentado pelos programas, pois na maioria das vezes, todos os pratos são voltados à carne... e os vegetais só cumprem o papel de acompanhamento. Isso tudo é diferente no programa "Bela Cozinha".

Recomendo muito!

Receitas, vídeos e mais informações no site do Bela Cozinha no GNT


Roberto Carlos - qual é o seu preço?

Ainda em tempo... dizem que todo mundo tem seu preço e parece que Roberto Carlos, sem dúvida, tem o seu!

Considero inaceitável a participação do "rei"(?) Roberto Carlos (vegetariano a 45 anos?) ter participado da propaganda da Friboi.

 Primeiramente por aceitar fazer participar da divulgação de um fornecedor que confina, maltrata, mata e obtém lucro da exploração de animais.

Segundo, ter ganho milhões na propaganda (alguns dizem em cachê de 3 milhões, outros de 10 milhões e dizem até de 25 milhões!) e não ter feito nada em contrapartida... simples embolsou o que ganhou. Ficaria menos decepcionado se ele doasse TODO o cache à uma causa de defesa animal, como o instituto Nina Rosa ou qualquer outra instituição semelhante. Sem dúvida é uma enorme quantia para muita gente, e que poderia balançar as crenças de muita gente, MAS... é o Roberto Carlos... o cara tem contrato vitalício com a Globo. Será que ele precisa MESMO desse dinheiro? Será que ele não conseguiria ganhar isso de forma mais ética?

Em terceiro lugar, a propaganda por si só é de um mal gosto tremendo, e tem uma idéia absurda de que os vegetarianos voltariam a comer carne por ter certeza da procedência e qualidade da carne. Desculpem-me, mas conheço aspirantes de estagiário de marketing que conseguem bolar campanhas muito mais embasadas do que essa idéia.

Há quem diga que ele não tocou na carne durante o comercial e que continua vegetariano. Porém, meu caro, Roberto Carlos, não existe meio-ético... ou se é ético, ou não é...  e ganhar dinheiro com propaganda inclui você no problema, e não na solução!