domingo, 25 de maio de 2014

Receita de pão integral vegano

Receita de pão integral caseiro sem ovos e sem leite:




Pão integral vegano
2 tabletes de 15g de fermento biológico
1 colher de sopa de açúcar mascavo
80 ml de óleo
500 g de farinha integral
1 xícara de farinha branca
250 ml de água
1 colher da chá de sal
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Modo de preparo:
Colocar os tabletes de fermento biológico em um recipiente. Amassar os tabletes com um garfo com o açúcar mascavo até dissolver por completo. Adicione a água e o óleo e misture.
Acrescente a farinha integral, a farinha branca, o sal (acrescente mais água se necessário).
Sove bem a massa por 10 minutos ou até ficar homogêneo. Deixe descansar por 20 minutos em uma vasilha e cubra com um pano.
Acrescente as sementes e sove por mais 5 minutos. Deixe a massa descansar na forma para pão por mais 15 minutos.

Asse em forno alto por 40 minutos (ou até dourar).

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Oficina Horta em casa - Arborecer

Ontem, 14/05/14, participei da oficina "Horta em casa" no SESC São Caetano, que foi um bate-papo teórico e prático sobre como organizar e cultivar produtos orgânicos em uma horta caseira.  Foi abordado como fazer a adubação, semeadura utilizando recipientes alternativos, principalmente com a reutilização de itens que possam ser facilmente encontrados nas grandes cidades.

Latas, pneus, cocos, caixotes, canos de PVC servem como vasos para salsinha, menta, orégano, mangericão, bálsamo, cebolinha, rúcula, beterraba, berinjela... tudo adubado organicamente por adubo produzidos por uma composteira própria. Um grande exemplo de reutilização e sustentabilidade!

Acreditem ou não, mas o vaso abaixo era um pneu!



O projeto Arboreser oferece outros cursos e workshops de divulgação da cultura orgânica, além é claro que possuem uma horta urbana enorme na zona Norte de São Paulo, em Jaçanã. Nota 10 para eles. Além disso, Izaque e Julhiana são vegetarianos e Daniel e família veganoss!



Go Veg!

terça-feira, 13 de maio de 2014

Bela cozinha, só que nada bela...

Só bastou o elogiou no post anterior sobre o programa da GNT Bela Cozinha para que nessa semana (programa de 13/05/2014), a Bela apresentasse como preparar um prato com carne saudável!

Sei que a Bela Gil não é vegetariana, mas esperava que o programa seguisse pela linha vegetariana (ou ao menos pela linha da macrobiótica) como forma de ser um programa diferenciado dos TANTOS outros não vegetarianos, que só preparam carne! Basta ligar a TV em um programa de culinária para ver alguém preparando carne ou algo que vá com carne... no máximo conseguimos ver um prato vegetariano que, para o "chef", serve apenas como "acompanhamento". Grande decepção...

Sobre o pretexto de que Bela Gil dará dicas de como consumir carne de maneira saudável e consciente e necessário de vez em quando (???). O cardápio inclui: bolinho de bacalhau com massa de inhame, barquinho de alface com carne moída, canja de galinha... ou seja, três tipos de carne, sendo que tudo poderia ser preparado de forma muito mais consciente e saudável SE NÃO houvesse carne.

Pelo jeito, o problema é que a Bela encara somente o consumo excessivo da carne como nocivo, em um trecho afirma que o excesso: "1) faz mal para a saúde, 2) faz mal para o meio ambiente e 3) animal sai perdendo muito com tudo isso". Só que parece que esquece que não dá para tirar só um filezinho da vaca sem matá-la...

O programa deixou de ser diferenciado e imperdível.

Será que vale tudo pelo Ibope?


Go Veg!

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Dia mundial de BIKE ao trabalho - 09/05/14

Hoje, dia 09/05/14 é o "Dia Mundial de BIKE ao trabalho", que ocorre pela segunda vez aqui no Brasil é inspirado no projeto "Bike to Work Day". Maio é considerado o mês da bike ao trabalho e cada cidade participante escolhe uma data diferente. O evento tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre o uso da bike no dia-dia, incentivando o uso da magrela como meio de transporte.

A campanha é promovida pelo bikeanjo.com.br, porém você pode realizar em sua cidade também! Quanto mais melhor!

Esse ano o projeto lançou um site dekikeaotrabalho.org e a cada semana promoverá uma ação diferente. Aqui em São Paulo, a campanha promoveu pela segunda vez o café da manhã para os ciclistas no cruzamento da Rebouças com a Av. Brigadeiro Faria Lima, na ciclovia, é claro! :)





A campanha também lançou a "missão recicletas", com a proposta de consertar as bikes paradas e depois destinar à pessoas que necessitam! :)



O uso da bike como meio de transporte ajuda na diminuição dea emissão de CO2, além de promover a melhora na saúde e condicionamento físico do ciclista.

Eu uso a bike todo dia, faça chuva, faça sol, de casa para o metrô e do metrô para casa! Por isso considero importante as essas iniciativas que promovem a sustentabilidade! :)


Go Veg!





quarta-feira, 7 de maio de 2014

Vegan lunch / Vegan day / Vegan weekend / Vegan week... etc

Como já havia mencionado em posts anteriores sou ovo-lacto-vegetariano, porém hoje em dia, tenho frequentemente feito refeições veganas... que foi evoluindo para um dia totalmente vegano, um final de semana e chegando a uma semana vegana, que ultimamente tenho feito uma vez por mês.

Confesso que no começo senti algumas dificuldades e certo "medo" em fazer uma refeição vegana fora de casa. Porém, devido ao maior número de oferta de pratos saudáveis e também de restaurantes vegetarianos em São Paulo tenho passado sem dificuldades no meu dia-dia.

É claro que a dieta exige um certo planejamento prévio... não adianta querer fazer uma semana vegana começando AMANHÃ e HOJE só ter produtos de origem animal (ou derivados) no armário e geladeira.

É preciso fazer compras antes, planejar um cardápio, conhecer pratos veganos, testar receitas, buscar opções de restaurantes / refeições e, principalmente, ter disciplina, para que na primeira dificuldade não ocorra uma desistência frustrante.

Segue abaixo alguns pratos fáceis como sugestão:


Café da manhã / tarde / lanches

  • Pão integral vegano
  • Geléia natural de frutas e creme de amendoim
  • Patê de tofu com ervas
  • Tofu mexido
  • Homus
  • Babaganoush
  • Porção de frutas com granola, aveia e gérmen de trigo
  • Banana da terra cozida
  • Raizes cozidas
  • Bolo de chocolate vegano
  • Barrinha de cereais
Almoço / Jantar
  • Arroz integral e feijão
  • Cuscus marroquino
  • Macarrão integral com molho sugo ou pesto
  • Veggie burguer
  • Dal de grão de bico
  • Dal de ervilha
  • Sabji
  • Yakissoba de vegetais
  • Quiche de tofu com espinafre
  • Tofu assado / frito
  • Strogonoff de cogumelos

Bebidas

  • Suco verde
  • Leite de aveia com baunilha
  • Leite de amêndoas
  • Leite de coco
  • Café / Chás
  • Sucos



Em breve farei um post com a receita de cada um!


Go Veg!

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Consumo consciente - compra coletiva de produtos orgânicos

Sem muitas alternativas para obter produtos orgânicos aqui no ABC Paulista, acabei encontrando uma alternativa para as feiras orgânicas, que é a organização de cooperativas para a compras coletivas de produtos orgânicos direto dos produtores locais.

Já realizei uma compra no "Consumo Consciente ABC" http://consumoconscienteabc.blogspot.com.br/ e a experiência foi excelente! A cooperativa realiza compras quinzenalmente. O pedido é utilizado através do site, em formulário ilustrado com os produtos que disponíveis. Após a solicitação é enviado um email confirmando os produtos solicitados e enviando os dados para depósito. O pagamento também pode ser realizado com moeda alternativa, como humus e mel. Então, aos sábados, os produtos são retirados das 10:00 às 13:00.

Além da ótima qualidade e frescor dos produtos, o custo realmente compensa, se comparado com as grandes redes de supermercados que agora passaram a oferecer os produtos orgânicos.


Deveríamos ter mais organizações do tipo nas grandes cidades, para facilitar, difundir e expandir a produção dos produtos orgânicos!

sábado, 12 de abril de 2014

Programa Bela Cozinha GNT

É uma grata surpresa o programa "Bela Cozinha" no GNT, apresentado por "Bela Gil", filha do Gilberto Gil, irmã da Preta Gil... diga-se de passagem, Bela é muito mais próxima à imagem que tenho de Gilberto Gil à imagem que tenho de Preta Gil!

Gilberto Gil é adepto da culinária macrobiótica, que embora não seja vegetariana, pois há pratos com peixe, utiliza muito os grãos integrais e também muitos vegetais... teve um certo "boom" nos anos 70, mas ainda há muitos seguidores no Brasil inclusive. Ou seja, o pai é todo "natureba".

Quando Bela Gil morava em Nova York ela começou a se interessar pelo yoga, e a partir daí, se interessar mais pela culinária vegetariana e outras cozinhas naturais. Então, faz o curso de culinária natural na Hunter College (em Nova York). Bela também é nutricionista, o que confere ao programa mais dicas sobre alimentação.



O programa é bem suave e descontraído, e (por enquanto) todos os pratos preparados são vegetarianos (com sugetões e opções veganas!), com um conceito que aprovo: pratos integrais, saborosos, com muitos vegetais e fáceis de fazer.

Há a participação de artistas convidados que torna o programa mais próximos dos não vegetarianos, pois servem como "prova" de que a cozinha vegetariana agrada pelo sabores e cores!



Eu assisto programas de culinária desde a minha adolescência... mas, a partir do vegetarianismo, passei a ficar decepcionado com o menu apresentado pelos programas, pois na maioria das vezes, todos os pratos são voltados à carne... e os vegetais só cumprem o papel de acompanhamento. Isso tudo é diferente no programa "Bela Cozinha".

Recomendo muito!

Receitas, vídeos e mais informações no site do Bela Cozinha no GNT


Roberto Carlos - qual é o seu preço?

Ainda em tempo... dizem que todo mundo tem seu preço e parece que Roberto Carlos, sem dúvida, tem o seu!

Considero inaceitável a participação do "rei"(?) Roberto Carlos (vegetariano a 45 anos?) ter participado da propaganda da Friboi.

 Primeiramente por aceitar fazer participar da divulgação de um fornecedor que confina, maltrata, mata e obtém lucro da exploração de animais.

Segundo, ter ganho milhões na propaganda (alguns dizem em cachê de 3 milhões, outros de 10 milhões e dizem até de 25 milhões!) e não ter feito nada em contrapartida... simples embolsou o que ganhou. Ficaria menos decepcionado se ele doasse TODO o cache à uma causa de defesa animal, como o instituto Nina Rosa ou qualquer outra instituição semelhante. Sem dúvida é uma enorme quantia para muita gente, e que poderia balançar as crenças de muita gente, MAS... é o Roberto Carlos... o cara tem contrato vitalício com a Globo. Será que ele precisa MESMO desse dinheiro? Será que ele não conseguiria ganhar isso de forma mais ética?

Em terceiro lugar, a propaganda por si só é de um mal gosto tremendo, e tem uma idéia absurda de que os vegetarianos voltariam a comer carne por ter certeza da procedência e qualidade da carne. Desculpem-me, mas conheço aspirantes de estagiário de marketing que conseguem bolar campanhas muito mais embasadas do que essa idéia.

Há quem diga que ele não tocou na carne durante o comercial e que continua vegetariano. Porém, meu caro, Roberto Carlos, não existe meio-ético... ou se é ético, ou não é...  e ganhar dinheiro com propaganda inclui você no problema, e não na solução!




sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Lista de famosos - vegetarianos brasileiros


Lista de brasileiros vegetarianos famosos, just 4fun! :P

Adryana Ribeiro - cantora (new!)
Ana Angélica "Morango" Martins - ex-BBB 10
Arnaldo de Almeida - mestre de Yoga
Alexandre Regis - ator e humorista
André Matos - cantor
BNegão - músico
Boka - baterista
Cazé Peçanha - apresentador de TV
Cássia Kiss - atriz (era vegana e voltou a comer peixe!")
Daniel Meyer - tri-atleta
Daniele Suzuki - apresentadora de TV (removed, por mal comportamento!)
Derrick Green - cantor (é americano mas canta no Sepultura)
Éder Jofre - pugilista
Eliane Thaines - autora
Ellen Jabour - modelo e apresentadora de TV
Fernanda Lima - apresentadora de TV (removed... come peixe feito pelo marido)
Fernanda Tavares - modelo
Flávia Lippi - reporter
Gabriela Duarte - atriz e ativista
Isis Valverde - atriz (new!)
Japinha - músico (cpm22)
João Gordo - cantor
Justo Werlang - empresário
Karina Bacchi - apresentadora de TV (removed!)
Lobão - cantor (removed!)
Leticia Sabatela - atriz (removed!)
Lima Duarte - ator
Lucélia Santos - atriz
Luisa Mell - apresentadora de TV
Marcos Palmeira - ator (checking...)
Marisa Monte - cantora
Matheus Verdelho - modelo (new!)
Nylse Helena Cunha - pedagoga
Patrícia Travassos - atriz
Paulo Zulo - modelo (removed... come peixe todo dia)
Raica Oliveira - modelo
Ricardo Macchi - ator (checking...)
Rodrigo Hilbert - ator e modelo (removed... em seu programa prepara e experimenta carnes)
Rodrigo Lima - vocalista do Dead Fish
Rodrigo Santoro - ator
Roberto de Carvalho - músico
Rita Lee - cantora
Tânia Alves - atriz
Tatá Werneck - atriz e comediante (removed... assumiu comer peixe)
Tatiana Giordano - ex-BBB
Thaila Ayala - modelo e atriz  (removed... come peixe feito pelo marido)
Ygor Fiori - ator
Xuxa - apresentadora (checking... pelo que li, come peixe!)

É claro que o objetivo da lista é só diversão! :P
A está sujeita a alterações, até porque as pessoas podem mudar seus hábitos!
Quem souber de mais famosos vegetarianos, deixe seu comentário abaixo que revisaremos!

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Vegetarianismo e Corrida

Sou fã de esportes e pratico a corrida de rua desde 2007, menos tempo que o começo do meu vegetarianismo! É claro que me preocupo com minha alimentação e sempre procuro me alimentar bem sempre, evitando gorduras, frituras, junk food no geral, e talvez por isso nunca senti falta alguma do "mito da proteína", tão comum nas conversas com esportistas.

Há inúmeros exemplos vegetarianos e veganos que comprovam que sim, é possível consumir a quantidade necessária de proteínas por fontes vegetais e ter um ótimo desempenho na prática esportiva!

Pqra quem gosta e usa o Facebook, segue um grupo que recomento:
http://www.facebook.com/groups/164918510235411/" target="_blank">Veggie Runners

E segue abaixo o texto da matéria que saiu na EXAME sobre corrida e vegetarianismo:





São Paulo - Será que dá para riscar a carne do cardápio do corredor — e até todos os alimentos que têm origem animal, como ovos, leite e derivados, como fazem os chamados “vegans”? E é possível fazer isso sem prejudicar a disposição e o desempenho na corrida? Essa é uma questão complexa, e não há consenso entre os nutricionistas.

Certo é que o corredor vegetariano deve tomar cuidados especiais. Não pode, por exemplo, apenas substituir o bife por massa e batata. Essa dieta desbalanceada traria deficiência de proteína, ferro, cálcio, zinco e vitamina B12, nutrientes essenciais para um esportista. É preciso encontrar novas fontes para essas substâncias.

O corredor Dárcio Joel Ferreira dos Santos, de 34 anos, parou de comer carne há nove anos. Ele é lactovegetariano — não come nem carne nem ovos, mas ingere leite e derivados — e já encarou pedreiras como o Desafio Praias e Trilhas, ultramaratona de 84 km em Florianópolis. “Nunca passei mal e meu rendimento é bom”, afirma o atleta, que consultou uma nutricionista.

Ele conta que sempre come um alimento do grupo das leguminosas (o feijão, por exemplo) com um cereal (o arroz). “Isso aumenta o nível de proteína no organismo”, diz. Sua cesta básica inclui soja e derivados, grão-de-bico, quinua, além de muitas frutas, verduras e queijo.

A nutricionista Fabiana Honda, especialista em fisiologia do exercício pela Unifesp, diz que a dieta vegetariana, se bem administrada e monitorada, pode trazer benefícios. “Em geral, ela possui maior quantidade de frutas, verduras, fibras e antioxidantes, o que melhora o equilíbrio do corpo e aumenta a longevidade”, afirma.

O corredor não-carnívoro deve também adequar a dieta a seu tipo de treinamento. Uma planilha preparatória para uma prova de 10 km, por exemplo, pede doses de carboidratos e proteínas diferentes daquelas necessárias a um plano de maratona. “O consumo de carne não é essencial, basta o atleta ter informação e saber fazer as adaptações corretas”, afirma o nutricionista George Guimarães,

Atenção

Atletas ou não, as mulheres devem consumir mais ferro. “Por causa do ciclo menstrual, elas tendem a perder mais do mineral que os homens”, afirma Murilo Dáttilo, nutricionista do Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício da Unifesp.