sábado, 12 de abril de 2014

Roberto Carlos - qual é o seu preço?

Ainda em tempo... dizem que todo mundo tem seu preço e parece que Roberto Carlos, sem dúvida, tem o seu!

Considero inaceitável a participação do "rei"(?) Roberto Carlos (vegetariano a 45 anos?) ter participado da propaganda da Friboi.

 Primeiramente por aceitar fazer participar da divulgação de um fornecedor que confina, maltrata, mata e obtém lucro da exploração de animais.

Segundo, ter ganho milhões na propaganda (alguns dizem em cachê de 3 milhões, outros de 10 milhões e dizem até de 25 milhões!) e não ter feito nada em contrapartida... simples embolsou o que ganhou. Ficaria menos decepcionado se ele doasse TODO o cache à uma causa de defesa animal, como o instituto Nina Rosa ou qualquer outra instituição semelhante. Sem dúvida é uma enorme quantia para muita gente, e que poderia balançar as crenças de muita gente, MAS... é o Roberto Carlos... o cara tem contrato vitalício com a Globo. Será que ele precisa MESMO desse dinheiro? Será que ele não conseguiria ganhar isso de forma mais ética?

Em terceiro lugar, a propaganda por si só é de um mal gosto tremendo, e tem uma idéia absurda de que os vegetarianos voltariam a comer carne por ter certeza da procedência e qualidade da carne. Desculpem-me, mas conheço aspirantes de estagiário de marketing que conseguem bolar campanhas muito mais embasadas do que essa idéia.

Há quem diga que ele não tocou na carne durante o comercial e que continua vegetariano. Porém, meu caro, Roberto Carlos, não existe meio-ético... ou se é ético, ou não é...  e ganhar dinheiro com propaganda inclui você no problema, e não na solução!




Nenhum comentário:

Postar um comentário